Uruguai… Um dos mais pequenos países na América do Sul, com apenas 3 milhões de população, que consomem em média 80kg de vaca por pessoa (nisto não são nada pequenos!!), têm mais vacas que pessoas, encastrado entre os dois gigantes Brasil e a Argentina, legalizaram a venda de cannabis, a sua cidade mais antiga foi fundada por portugueses… só pode ser um país interessante para visitar e conhecer melhor!

 

Chegámos a Montevideu e fomos buscar o carro que alugámos previamente na Dolar Rent-a-Car.

Queriamos fazer um roadtrip que nos levásse a conhecer toda a costa Uruguaia a cima de Montevideu.

De Montevideu até à fronteira com o Brasil são aproximadamente 330 km, o que para nós (habituados às distâncias chilenas, em que 330km fazemos nós num fim-de-semana normal para ir até uma praia que gostamos) pareceu-nos bastante… amigável!

O objetivo do primeiro dia era percorrer a costa até Punta del Diablo (290km aprox.) e durante os seguintes dias ir parando pelo caminho de regresso, conhecendo as praias e os principais pontos que ninguém pode perder!

Mas antes de fazer-nos à estrada demos um passeio rápido por Montevideu!

A avenida principal Av. 18 de Julho surpreende pelos comercios, restaurantes, edificíos históricos e praças muito bem cuidadas.

Descendo caminhando pode chegar-se à Plaza de la Independencia, passar a Puerta de la ciudadela e caminhar pela Calle Serandi… é um passeio agradável que se pode fazer num par de horas tranquilamente caminhando.

 

 

Almoçámos por Montevideu e deram-nos a melhor dica de toda a viagem:

No Uruguai pagando com o cartão de crédito VISA estrangeiro, automáticamente!!, se desconta o IVA da conta a pagar – isto faz com que qualquer refeição que faças tem automáticamente um desconto de 22% para estrangeiros! Isto não passa se pagares em dinheiro!

Depois do nosso passeio era momento de fazer-nos à estrada!

Objetivo do dia: chegar a Punta del Diablo.

O caminho faz-se bem numa tarde.

As estradas são como uma estrada nacional com alguns semáforos e cruzamentos inesperados, que cruzam povoações. Não há auto-estradas, nem se justifica que hajam!

DSC_0658-01

3 horas, 3 portagens (pagámos 70 UYU cada uma) e 300 km depois chegavamos a Punta del Diablo já de noite!

Punta del Diablo é a típica vila de surfistas, rodeada de casinhas pitorescas de madeira, estradas de terra batida e vários restaurantes, bares e feirinhas que animam a noite e o dia!

DSC_0660-01

Jantámos no Deja Vú, restarurante de uma família francesa que vive em Punta del Diablo, recomendado pelo nosso host de Airbnb. Têm uns coctails óptimos e até tivemos direito a música ao vivo e tudo!

Oferta para jantar e tomar algo é coisa que não falta!

Written by racingmackerel
Portuguesa, Expat, viajeira apaixonada. Extrovertida, Sensorial, Emocional e Percetiva. Financeira de profissão. Psicóloga por curiosidade. Emigrante e viajante por paixão. Idioma: portuñol.